Pesquisar neste Blog

sábado, 15 de maio de 2010

HOLOGRAFIA O FUTURO AGORA

De uma olhada nesse vídeo . Super legal essa coisa de holografia .



Aguarde aqui muito mais noticias sobre esse assunto .

Como funcionam os discos Blu-ray- PARTE 01

Introdução a como funcionam os discos Blu-ray


Em 1997, surgiu uma nova tecnologia que trouxe o som e o vídeo digitais para todo o mundo. Ela se chamava DVD e revolucionou a indústria do cinema.
A indústria está preparada para mais uma revolução com a introdução dos Blu-ray Discs ou discos BD. Com sua grande capacidade de armazenamento, os discos Blu-ray podem guardar e reproduzir enormes quantidades de vídeo e áudio em alta definição, assim como fotos, dados e outros conteúdos digitais.

discos Blu-ray
Neste artigo, explicaremos como funciona o disco Blu-ray, como ele foi desenvolvido e ver como ele se compara em relação a alguns outros formatos de vídeo digital.

Um DVD padrão atual, de lado único, pode armazenar 4,7 GB (gigabytes) de informação. Esse é aproximadamente o tamanho de um filme padrão médio de duas horas com alguns poucos recursos extras. Mas um filme em alta definição, que possui uma imagem muito mais nítida (veja Como funciona a televisão digital), ocupa cerca de cinco vezes mais largura de banda e, portanto, requer um disco com cerca de cinco vezes mais espaço. À medida que os aparelhos de TV e estúdios de cinema migram para a alta definição, os consumidores precisam de sistemas de reprodução com muito mais capacidade de armazenamento.

O Blu-ray é o disco de vídeo digital da próxima geração, podendo gravar, armazenar e reproduzir vídeo em alta definição e áudio digital, assim como dados de computador. A vantagem do Blu-ray é a incrível quantidade de informação que ele pode guardar [Fonte: Documento Técnico: Formato de disco Blu-ray]:

•Um disco Blu-ray de camada única, que tem aproximadamente o mesmo tamanho de um DVD, pode guardar até 27 GB de dados, o que é mais de duas horas de vídeo em alta definição ou cerca de 13 horas de vídeo padrão;

•Um disco Blu-ray de camada dupla pode armazenar até 50 GB, suficientes para guardar cerca de 4,5 horas de vídeo em alta definição ou mais de 20 horas de vídeo padrão. E ainda há planos em andamento para desenvolver um disco com duas vezes essa quantidade de armazenamento.

O nome
O nome Blu-ray é uma combinação em inglês de "blue", azul, relativo à cor do laser que é usado, e "ray", de raio óptico. De acordo com os fabricantes, o "e" de "blue" foi retirado propositalmente porque uma palavra de uso diário não pode ser registrada como marca comercial.


fonte : http://eletronicos.hsw.uol.com.br/blu-ray.htm

Como funciona a tela de plasma - PARTE 02

Dentro da tela
O gases xenônio e neônio presentes em uma televisão de plasma estão contidos em centenas de milhares de células minúsculas, posicionadas entre duas placas de vidro. Eletrodos extensos também são colocados entre as placas de vidro, em ambos os lados das células. Os eletrodos emissores ficam atrás das células, ao longo da placa traseira de vidro. Os eletrodos de exposição transparentes, que são envolvidos por uma camada isolante de material dielétrico e cobertos por uma camada protetora de óxido de magnésio, são colocados sobre as células ao longo da placa de vidro dianteira.
Os dois arranjos de eletrodos se estendem através da tela inteira. Os eletrodos de exposição são arranjados em filas horizontais ao longo da tela e os eletrodos emissores são arranjados em colunas verticais. Como você vê no diagrama , os eletrodos verticais e horizontais formam uma grade básica.
Para ionizar o gás de uma célula em particular, o computador de uma tela de plasma carrega os eletrodos que se cruzam nessa célula. Isso é feito centenas de vezes em uma pequena fração de segundo, carregando uma célula de cada vez.
Quando os eletrodos que se cruzam são carregados com voltagem diferente entre eles, uma corrente elétrica percorre o gás nas células. Como vimos na seção anterior, a corrente cria um fluxo rápido de partículas carregadas, que estimula os átomos de gás para liberarem irradiação de fótons ultravioleta.
Os fótons ultravioletas liberados interagem com o material fosfórico que reveste a parede interior da célula. O fósforo é uma substância que emite luz quando exposta a outra luz. Quando um fóton ultravioleta atinge um átomo de fósforo na célula, um dos elétrons do fósforo passa para um nível de energia maior e o átomo esquenta. Quando o elétron volta ao nível normal, ele libera energia em forma de fóton de luz visível.
Na tela de plasma, o fósforo emite luz colorida quando é estimulado. Cada pixel é feito de três células subpixel individuais de cores diferentes. Um subpixel tem luz fosfórica vermelha, o outro tem luz fosfórica verde e o outro luz fosfórica azul. Essas cores, quando misturadas, criam toda a gama de cores de um pixel.
Pela variação dos pulsos de corrente através das diferentes células, o sistema de controle pode aumentar ou diminuir a intensidade de cor de cada subpixel, criando centenas de combinações diferentes de vermelho, verde e azul. Dessa forma, o sistema de controle pode produzir todas as cores do espectro.
A principal vantagem da tecnologia da tela de plasma é que você pode produzir uma tela muito grande, usando materiais extremamente pequenos. Como cada pixel é iluminado individualmente, a imagem é muito brilhante e pode ser vista com nitidez de quase todos os ângulos. A qualidade da imagem não é tão alta quanto o padrão dos melhores tubos de raios catódicos, mas com certeza atende às expectativas da maior parte das pessoas.


A maior desvantagem dessa tecnologia é o preço. No entanto, a queda dos preços e os avanços tecnológicos significam que a tela de plasma pode em breve aposentar os velhos aparelhos CRT.

sexta-feira, 14 de maio de 2010

COMO FUNCIONA A TELA DE PLASMA TV ? PARTE 01

Introdução


Nos últimos 75 anos, a grande maioria das televisões foi fabricada com a mesma tecnologia: o tubo de raios catódicos (CRT). Na televisão CRT, um canhão libera um feixe de elétrons (partículas de carga negativa) dentro de um grande tubo de vidro. Os elétrons excitam os átomos de fósforo ao longo da larga extremidade do tubo (a tela), o que faz com que os átomos brilhem. A imagem da televisão é produzida pelo brilho nas diferentes áreas da camada de fósforo, com diferentes intensidades de cores (veja Como funciona a televisão para uma explicação mais detalhada).
Os tubos de raios catódicos produzem imagens nítidas e vibrantes, mas têm uma séria desvantagem: são muito volumosos. Para aumentar o tamanho da tela do aparelho com CRT, você precisa aumentar também o comprimento do tubo, dando espaço ao canhão de elétrons para que alcance todas as partes da tela. Conseqüentemente, qualquer televisão CRT grande vai pesar muito e ocupar um espaço razoável da sala.
Recentemente, surgiu uma nova alternativa nas prateleiras das lojas: a tela plana de plasma. Essas televisões têm telas maiores à dos aparelhos CRT, mas com apenas 15 cm de espessura. Neste artigo veremos como esses aparelhos são melhores e ocupam menos espaço.
Se você já leu Como funciona a televisão, entendeu a idéia básica do aparelho de televisão ou monitor padrão. Com base na informação de um sinal de vídeo, a televisão acende milhares de pequenos pontos - chamados pixels (em inglês) - com um fluxo de alta potência de elétrons. Na maioria dos sistemas, há três cores de pixel - vermelho, verde e azul - que são uniformemente distribuídos na tela. Com a combinação dessas três cores em diferentes proporções, a televisão pode produzir todo o espectro de cores.
A idéia básica da tela de plasma é fazer brilhar pequenas e coloridas luzes fluorescentes para formar a imagem. Cada pixel é feito de três luzes fluorescentes: uma vermelha, uma verde e uma azul. Da mesma forma que a televisão com CRT, a tela de plasma varia a intensidade das diferentes luzes para produzir toda a gama de cores.

Sintonizando
Muitas telas de plasma não são tecnicamente televisores porque não têm um sintonizador de televisão. O sintonizador é um aparelho que capta o sinal televisivo que vem, por exemplo, de um cabo e o interpreta para criar uma imagem de vídeo.
Como os monitores de LCD, as telas de plasma são apenas monitores que possibilitam a apresentação de sinais padrão de vídeo. Para assistir televisão numa tela de plasma, você precisa conectá-la a uma unidade separada que tenha um sintonizador de televisão, como um video cassete.

O que é plasma?
Os principais elementos de uma luz fluorescente são o plasma, um gás formado de partículas livres e fluidas, os íons (átomos com carga elétrica) e elétrons (partículas com carga negativa). Sob condições normais, um gás possui partículas sem carga elétrica. Isto é, os átomos do gás têm o mesmo número de elétrons e prótons, que são partículas de carga positiva do núcleo dos átomos. Os elétrons com carga negativa estão em perfeito equilíbrio com os prótons, de carga positiva. Assim, o átomo tem uma carga líquida igual a zero.
Se você introduzir muitos elétrons livres em um gás, estabelecendo uma voltagem através dele, a situação muda rapidamente. Os elétrons livres vão colidir com os átomos, libertando outros elétrons. Com a falta de um elétron, o átomo perde seu equilíbrio e fica com carga positiva, transformando-se em íon.
Com uma corrente elétrica percorrendo o plasma, as partículas de carga negativa vão correr para a área carregada de carga positiva do plasma, obrigando as partículas positivas a correrem para a área carregada negativamente.
Nessa corrida louca, as partículas estão constantemente colidindo umas com as outras. Essas colisões estimulam os átomos de gás do plasma, fazendo com que liberem fótons de energia (para mais detalhes desse processo, veja Como funcionam as lâmpadas fluorescentes).
Os átomos de xenônio e de neônio usados nas telas de plasma liberam fótons de luz quando são estimulados. Em sua maioria, esses átomos liberam fótons de luz ultravioleta, que são invisíveis ao olho humano. Mas os fótons ultravioletas podem ser usados para estimular fótons de luz visíveis, como aprenderemos na próxima seção.

fonte: http://eletronicos.hsw.uol.com.br/tela-de-plasma.htm

Novos discos Blu-ray terão até 128 GB de capacidade!

Por : Por Luciano De Sampaio Soares


Associação que define os padrões do formato de alta definição propõe novos modelos de discos com ainda mais espaço.
Depois da batalha de formatos contra o HD-DVD da Toshiba ter sido vencida, o Blu-ray começou a se popularizar discretamente. Com players de diversos fabricantes – inclusive o Playstation 3 da Sony – suportando o formato e com a explosão de vendas das televisões Full HD, o BD (Blu-ray Disc) começou a entrar nos lares de pessoas do mundo todo.
Os principais consumidores do formato estão no Japão e na Europa, sendo que nos Estados Unidos – e no Brasil – os discos azuis ainda são considerados mais como curiosidades e itens de colecionador do que o padrão de consumo de filmes e séries.
Mesmo assim, a indústria da tecnologia sobrevive de inovação e o Blu-ray, para se manter no mercado, também precisa apresentar novas possibilidades. Espera-se para breve a publicação das especificações dos dois novos formatos de discos BD: o BDXL (discos de alta capacidade graváveis ou regraváveis) e o IH-BD (discos intra-híbridos).
Armazenagem e arquivamento
Voltado principalmente para o setor comercial, o BDXL é indicado para quem precisa de grande espaço de armazenagem. Emissoras de TV, estúdios de cinema e publicidade, departamentos de imagem aplicada à medicina podem – utilizando esses discos – esquecer as mídias magnéticas e fazer seus backups em discos óticos mais confiáveis e duradouros.
O padrão BDXL apresenta dois formatos básicos. O formato gravável – com até 128 GB de capacidade –, e um de regravação contendo até 100 GB de dados.

Conteúdo (praticamente) fechado
Ao contrário do BDXL – de viés corporativo -, o IH-BD é voltado para o consumidor final. Assim como os discos atualmente disponíveis no mercado, o IH-BD conta com apenas duas camadas de dados, porém a natureza delas é sua principal força.
Enquanto hoje ou você encontra discos de conteúdo estático - no qual você não pode gravar nada - ou graváveis - uma ou mais vezes - o IH-BD pretende reunir ambos os modos em um mesmo disco.
Com uma camada BD-ROM e outra BD-RE, será possível ter um disco com conteúdo protegido de gravação – um filme ou série, por exemplo – e ainda ter espaço para que o próprio usuário guarde informação, sem precisar abrir a bandeja do leitor.
O principal uso encontrado aqui no Baixaki foi para jogos. Imagine o seu PS3 salvando dados dos seus feitos direto no disco em que está o jogo. Outra possibilidade até mais interessante é guardar dados de expansões de determinado jogo no mesmo disco em que está o original, preservando assim espaço no HD do console para outros jogos e downloads.

Novos players
Como os padrões ainda não receberam especificações técnicas, ainda não há previsão de lançamento dos leitores desses formatos. O que se sabe, entretanto, é que os drives atuais não serão compatíveis com o BDXL ou com o IH-BD.
Para conseguir todos os 128 GB disponíveis no BDXL, cada disco utiliza entre três e quatro camadas de dados, o que exigirá do leitor um laser mais potente do que o disponível nos modelos atuais.
O mesmo é verdade para o IH-BD, apesar de o padrão usar a mesma quantidade de camadas de um Blu-ray atualmente comercializado. Para que seja possível obter a versatilidade de camadas estáticas e graváveis em uma mesma peça, algumas características do laser de leitura e gravação serão diferentes das existentes em leitores atuais.
Na prática, isso significa que, apesar do potencial para utilização no PS3 e em outras aplicações domésticas, não existirá compatibilidade entre os novos discos e o hardware atualmente disponível. Nem mesmo a alteração do firmware poderá gerar a conversa entre leitores atuais e novos discos.
Felizmente, porém, novos leitores serão retrocompatíveis com discos atuais, quando forem lançados. Isso será possível graças à natureza da tecnologia utilizada no BDXL e no IH-BD, que nada mais é que uma extensão da já existente. Assim, apesar de a configuração do laser sofrer alterações, será possível – através de software – modulá-lo para a leitura de discos BD comuns.
Outra coisa que deve ser esperada é a chegada deste tipo de avanço aqui nas terras brasileiras, algo sem data para acontecer.


Fonte : http://www.baixaki.com.br/info/3987-novos-discos-blu-ray-terao-ate-128-gb-de-capacidade-.htm

POR QUE USAR TELAS DE LED ?

Muitos já ouviram falar sobre as telas de LED (Diodo Emissor de Luz), mas qual é o beneficio ou vantagem delas?
Bem, esta tecnologia possibilita maior nitidez, telas mais finas, menor consumo de energia e maior durabilidade.
Por exemplo, a Dell lançou o Notebook mais fino do mundo, por causa da tela de LED, a Sharp lançou a LCD mais fina do mundo, por causa da tela de LED. E a tendência é esta, economia de espaço e maior autonomia energética.
As telas de LED prometem durar muito mais do que as telas que usamos hoje em dia, também pelo sentido de ter uma durabilidade bem maior, ja que os leds demoram mais para queimar.
E o LED também é bem mais económico, pois não gasta tanta energia. Primeiro os CRT’s (Tubos de Raios Catódicos) que gastavam muita energia, depois chegou os LCD’s (Telas de Cristal Líquido) gastando bem menos energia, e agora as telas de LED gastando menos energia ainda, ou seja, melhor para o mundo e melhor para o nosso bolso.
Resumindo, os LED's não têm desvantagem já que duram mais, têm melhor nitidez e economiza energia o que é melhor para todos. Hoje é uma tecnologia, talvez, um pouco cara mas, como tudo na informática vai ficando cada dia mais acessível, é só esperar os preços caírem e garantir a sua.

RELÓGIO , TV E CELULAR NUMA SÓ PEÇA !

Empresa Japonesa One-Seg lançou um “relógio”, que não irá apenas lhe dizer a hora correta e apitar no horário de almoço… Com ele, você poderá assistir seus programas de TV favoritos, pois ele é capaz de captar sinais de Televisão, sintonizando em seu display LCD de 2,4 polegadas a programação local de TV.

Em um estilo “flip”, o relógio também apresenta funcionalidades de um celular. Ao abri-lo, você terá disponível todos os botões necessários para você efetuar uma chamada, basta você ter o seu cartão W-SIM e voilà… converse com seu melhor amigo a partir do seu relógio de pulso!
Embora este aparelho apresente tantos recursos para apenas um relógio, tamanha funcionalidade tem um preço, e não se trata de dinheiro! O relógio realmente é tão grande quanto aparenta ser, tendo dimensões e peso incompatíveis com um relógio comum. Dentre as alternativas de relógios high-tech, se você não se importa em usar um relógio do tamanho de um PDA, o F029 da Aigo continua sendo a melhor escolha da categoria.

Fonte : http://www.techzine.com.br/arquivo/%E2%80%9Crelogio%E2%80%9D-executa-funcoes-de-tv-e-celular/

terça-feira, 11 de maio de 2010

ALIENS VS BATMAN VS PREDADOR "O GRANDE FINAL" - MAIS UMA IMPOSSÍVEL DE SER VISTA NOS CINEMAS !

Olha, mais uma dessa eu acabado me viciando nessa estória de fins alternativos .


VÍDEO E FOTO HD ATÉ DE BAIXO D'AGUA .

Samsung inova com suas câmeras digitais na PMA 2010



retweetModelos que capturam vídeos em Full HD, à prova d’água e com opções de autonomia diferenciadas fazem parte do novo portfólio da empresa
Liderar a indústria de imagem digital por meio da oferta de produtos inovadores. Esta é a proposta que a Samsung apresenta na PMA 2010, evento mundial de foto e imagem, que aconteceu em Anaheim (EUA), entre os dias 21 e 23 de fevereiro.
O modelo EX1 é versátil, projetada para os fotógrafos mais experientes. Sensor de imagem de alto desempenho e lente grande angular Schneider KREUZNACH de 24 milímetros – sua abertura f/1.8 proporciona opções de profundidade de campo que permitem desfocar o fundo da imagem sem comprometer o objeto da foto, além de garantir a qualidade em ambientes menos iluminados – são diferenciais do produto, assim como o visor de AMOLED e compatibilidade com o formato de arquivo RAW.
Uma câmera digital capaz de capturar fotos em still de 10 megapixels (até dez por segundo) enquanto faz vídeo no formato Full HD. Este é o principal atributo da WB2000, que tem lente grande angular Schneider KREUZNACH de 24 milímetros, zoom óptico de 5x, visor AMOLED – que reproduz imagens com mais contraste, níveis de preto e cores fieis, mesmo sob a luz do sol, e consome menos energia da bateria – e é compatível com o formato de arquivo RAW.
A Samsung também aposta em produtos mais resistentes a interferências externas. A WP10 é à prova d’água – são 12 megapixels de resolução, captação de vídeos em alta definição (720p), zoom óptico interno de 5x e dupla estabilização de imagens que podem ser utilizados em até três metros de profundidade.
Já o modelo ES73 tem uma camada antirrisco e seus botões e o entorno do visor são emborrachados, para proteger ainda mais a câmera de elementos como sujeira, pó e areia. Com 12 megapixels de resolução e zoom óptico de 5x, a ES73 tem o recurso Smart Night, que permite fotos com qualidade no período noturno, pois é possível controlar a intensidade do flash.
A Samsung aproveitou sua participação na PMA para também lançar duas filmadoras de bolso. A HMX-U20 e a HMX-U15 têm sensor CMOS de 1/2.3 polegadas, conexão USB, botão que permite upload direto para o YouTube e filmam em formato Full HD. O diferencial da HMX-U20 está no zoom óptico de 3x, enquanto a HMX-U15 faz fotos em still de 14 megapixels. Além disso, esses modelos contam com curvatura de 7º em seus corpos, o que garante melhor empunhadura, reduzindo estresse no punho e braço.

Não há previsão para a chegada dos modelos no mercado brasileiro.

fonte : http://www.techlider.com.br/2010/02/samsung-inova-com-suas-cameras-digitais-na-pma-2010/

Micro câmera filmadora é ativada por som - Legal essa tecnologia .

A micro câmera filmadora Muvi é uma das menores câmeras, se não menor do mercado (com exceção daquelas micro câmeras que ficam escondidas).

Medindo apenas 5.5 x 2 x 1.6 cm, ela é capaz de gravar vídeos com resolução de 640 x 480 pixels com 30 frames por segundo. Para armazenar as gravações ela conta com uma entrada para cartão micro SD.
O interessante dela, além de seu tamanho, é o método utilizado para gravação. É só você colocar o botão seletor no modo on que ela começará a gravar se ouvir sons acima de 65 decibéis e desliga automaticamente caso não capte barulho durante 2 minutos.
Sua bateria tem duração de 2 – 3 horas, e para carregá-las basta plugá-la no computador. Além de levâ-la para fazer filmes em qualquer lugar, você também pode usá-la como webcam.

fonte: http://www.insidetechno.com/2009/06/10/micro-camera-filmadora-e-ativada-por-som/

PARA OS VIDEOCEL MANÍACOS - NOKIA N8

Anunciado há uns dias atrás, já nos tinha sido possível ver um vídeo filmado pelo Nokia N8. Hoje, o primeiro telemóvel com Symbian^3 volta ao Revolução Digital com um vídeo promocional feito pela Nokia e que nos apresenta com algum detalhe o N8.

Para refrescar as memórias, o Nokia N8 é um telemóvel que vem com um ecrã OLED tátil e capacitivo de 3,5″ (640×360px), um processador de 680MHz, 256MB de RAM, 512MB de ROM, 135MB de memória interna, 16GB de armazenamento, entrada para microSD, rádio FM, transmissor FM, WiFi b/g/n, Bluetooth 3.0, saída TV, jack de 3,5mm, receptor GPS, sensores de movimento e de proximidade, porta micro-USB e bateria de 1.200mAh.



O sensor fotográfico apresenta uma resolução de 12 megapixels e permite gravar vídeos em HD 720p.
Tudo isto num corpo que mede 113.5×59.12×12.9 milímetros e pesa 135 gramas.
E agora, o prometido vídeo:





fonte: http://www.revolucaodigital.net/2010/05/10/novo-video-nokia-n8/

segunda-feira, 10 de maio de 2010

PASSAR, COPIAR OU CONVERTER FITA DE VHS PARA DVD VIDEO

Para aqueles que tiveram uma boa quantidade de vídeos gravados nos antigos formatos analógicos, como por exemplo, o VHS, se faz necessário converter essas lembranças ou mesmo arquivos para o formato DIGITAL.


A opção mais comum é copiar tudo em DVD. Assim como devo saber qual a melhor maneira de fazê-lo.

Antes de tudo é sempre bom lembrar que a qualidade da imagem em VHS vai continuar a mesma. Não é uma cópia que vai transforma-la numa gravação DIGITAL.

Assim a nossa primeira opção é a gravação direta a mais comum oferecida no mercado. Em geral se usa um gravador de DVD de mesa ligado a um vídeo VHS (ou de outro formato que se deseje copiar) e se faz a transcrição das imagens para a mídia em DVD. Nesse processo existem desvantagens, pois falhas de imagem, áudio e defeitos na fita serão também copiados para seu DVD final.


Essa opção é a mais barata e rápida para ser entregue ao cliente (numa média de R$ 10,00 / incluindo o DVD e seu estojo)

Agora para aqueles que desejam guardar seus arquivos de vídeo com o máximo de qualidade possível eu recomendo o remasterização desse conteúdo.


Nesse caso o vídeo e áudio são capturados para um computador e com a ajuda de um soft de edição DIGITAL podemos fazer os devidos ajustes como brilho, contraste, cor, alem de podemos editar as falhas da fita e fazer as possíveis correções no áudio.

Usando esse sistema a sua fita vai ser recuperada da melhor maneira possível e seu arquivo final em DVD vai ficar livre dos defeitos causados pelo tempo em sua fita.


Para essa opção o preço médio no mercado é calculado de acordo com o tempo da fita a ser convertida. Normalmente para cada duas horas de fita o preço é de R$ 150,00 já incluindo o DVD e seu estojo.


Ainda insisto em falar que seja qual for o sistema usado para essa conversão não vai melhorar a definição original de sua fita, mas vai fazer como que suas lembranças possam resistir um pouco mais as ações do tempo.


Nós da N’ATIVA PRODUÇÕES temos esse serviço a seu dispor.


Ligue sem compromisso e saiba  mais de como usar a tecnologia do futuro para manter no presente as imagens de seu passado.


Fones: 81 9259.1187 ou 3434.9745

CARTÃO DE VISITAS DIGITAL, BARATO, EFICIENTE E NÃO ACABA NA HORA ERRADA !

Quem já não ficou sem cartão de visitas numa reunião ou mesmo quando encontra um cliente por acaso? Nos da N’ativa Produções temos um produto para acabar com esse problema.
Antes de tudo vamos necessitar lembrar de algumas coisas importantes para fazer esse produto funcionar bem.
Hoje em dia cerca de 80% dos aparelhos de telefonia celular tem um sistema importante para troca de informações o bluetooth. Através dele podemos conectar equipamentos e trocar informações de áudio e vídeo entre celulares de forma simples e prática.

A maioria dos jovens de hoje, usa com muita freqüência esse método de armazenagem sem fio para troca de fotos e pequenos vídeos.

Agora imagine você usar esse mesmo sistema para enviar seu cartão de VISITAS DIGITAL.
Bem o primeiro passo é produzir seu material visual. O mesmo pode ser na forma de uma tela, ou seja, imagem estática como também na forma de um pequeno vídeo num tempo recomendado de 30 a 10 segundos de duração.
Depois que esse material estiver pronto seja ele imagem ou vídeo, você com um simples toque pode mandar seu CARTÃO DE VISITAS DIGITAL, para seus clientes de forma bem mais eficiente que um simples cartão de papel.

Vantagens:


1- Material com desenho a seu gosto com muito mais informação a ser dada.


2- Imagem em movimento, um verdadeiro comercial na mão de seus clientes com muito mais detalhes a ser transmitidos e disponíveis a toda hora.


3- Entrega de material muito mais eficiente, afinal esse vai ficar dentro do celular de seu cliente ao invés de um bolso qualquer e acabar se perdendo.


4- Aquele toque a mais que acaba chamando a atenção de maneira bem promissora.


5- Esse material não acaba na hora errada e pode ser usado quantas vezes você quiser e sem custos .


6- Transmitir para outros equipamentos como computadores , MP4 ou até mesmo enviar para um e-mail direto de seu celular de onde você estivar .

Então não perca tempo e seja um a mais a usar essa tecnologia a seus favor . A N’ativa reune todas essas condições para produzir esse material com qualidade digital e no formato certo para facilitar essa transferência e  ocupar o mínimo de espaço no telefone de seus clientes com total qualidade de imagem e áudio .

Ligue e faça um consulta totalmente sem custos, tire dúvidas e desfrute o que de melhor a tecnologia DIGITAL de imagens tem para lhe oferecer.

LANÇAMENTO NO CINEMA - Robin Hood, de Ridley Scott (2010)

Assista o trailer no novo Robin Hood
Estreia nos cinemas em 14 de maio de 2010






Direção: Ridley Scott

Roteiro: Brian Helgeland / Ethan Reiff / Cyrus Voris
Elenco: Russell Crowe / Cate Blanchett / Mark Strong / Matthew Macfadyen / Kevin Durand / Danny Huston / William Hurt / Max von Sydow

Sinopse:
Na Inglaterra do século XIII, Robin Hood e seu bando de saqueadores enfrentaram a corrupção em uma pequena vila, que teve como consequência um movimento contra a coroa, o que alteraria para sempre o equilíbrio do poder mundial.
Tanto como ladrão ou como herói, um homem de origem pobre se tornará um símbolo eterno de liberdade para seu povo.




NEO VS ROBOCOP - COM PARTICIPAÇÃO DE MESTRE YODA !

Outro trailer impossível para você descontrair um pouco . rsrsrsrsrsrrsr

REVENDO ALGUMAS TENDÊNCIAS NA EDIÇÃO DE EFEITOS DE VÍDEO

Por Allan Brito
Fonte : http://www.allanbrito.com/2008/12/01/como-sera-a-tecnologia-para-edicao-de-video-no-futuro/

Um dos assuntos que mais me interessa é a evolução das ferramentas de edição gráfica, afinal é muito importante conhecer o funcionamento de softwares como o Adobe After Effects, 3ds Max, Maya, Blender 3D e vários outros. Mas, acredite que muito em breve as mudanças nas interfaces que usamos para nos comunicar com os computadores, devem trazer algumas mudanças de paradigma no uso de softwares 3d também. Isso já acontece um pouco na área da pintura digital, em que os artistas podem pintar diretamente no monitor, usando tablets sensíveis a uma caneta especial.

O funcionamento é muito semelhante a uma folha de papel virtual. Mesmo ainda sendo muito caro para a maioria de nós, esse tipo de tecnologia é o futuro. No momento em que a maioria dos computadores migrarem para telas sensíveis ao toque, a maioria dos softwares 3d que conhecemos irá precisa de adaptações para poder usar as novas interfaces, se bem que em minha opinião, acho que a maneira com que eles trabalham hoje é bem satisfatória. Não sei se isso é a voz da comodidade falando, mas não vejo outras maneiras de usar as mãos para criar modelos 3d. Agora, se as interfaces forem 3d, a história muda!
Bem, mas as tendências na modelagem e interação 3d ficam para outro artigo. Hoje vou indicar um vídeo que mostra algumas das ferramentas que podem estar presentes em softwares de edição de vídeo, como o Adobe After Effects e Adobe Premiere. O vídeo faz parte de uma demonstração das novas tecnologias interativas, para trabalhar com vídeo digital.
O mais interessante do vídeo, é que fica evidente que alguma coisa relacionada com interfaces sensíveis ao toque já está sendo preparada. Antes de continuar, assista ao vídeo:


Interactive Video Object Manipulation from Dan Goldman on Vimeo.

No vídeo, é possível perceber que as tecnologias estão mais inteligentes e conseguem separar e identificar personagens e objetos em movimento. Por exemplo, ao invés de usar o Motion Tracking do After Effects para seguir um veículo em movimento, o artista digital precisa apenas desenhar um retângulo na área em que ele deseja seguir. O próprio software identifica aquela parte do vídeo, e faz o tracking automaticamente.
Outra parte do vídeo, mostra como é possível usar o mouse para controlar e até mesmo editar o vídeo, usando apenas gestos. Isso vai livrar o artista de manipular apenas keyframes para trabalhar! Está vendo a integração com ferramentas de interação que não sejam o mouse?
Bem, o vídeo é apenas uma amostra de tecnologias experimentais, mas com grande potencial. O próprio apresentador do vídeo, comenta sobre a improvável disponibilidade desses recursos nos softwares da Adobe no curto prazo, mas sempre é bom conhecer o que nos espera.

COMERCIAL DIA DAS MÃES - EMOCIONANTE

Bem aqui vai nossa homenagem a todas as nossas mães .
Esse comercial e muito bom vale conferir !

LINK PROFISSIONAL PARA CÂMERAS MÓVEIS DE VÍDEO - 750M

Series AV750S Link de áudio e vídeo em tamanho super compacto para uso em movimento direto com cameras de vídeo profissionais, semi profissionais ou qualquer modelo de camera.


Especificações técnicas e detalhes O equipamento em sua versão normal é acompanhado de 1 transmissor, 1 receptor, 2 antenas semiflexiveis portáteis de encaixe, cabos de alimentação, cabos de áudio e vídeo e 1 antena externa com 3.5 db para o receptor quando for utilizado em locais com muitos obstáculos facilitando mais a recepção. LINK MOVEL DE AUDIO E VIDEO AV750S Caso o usuário precise receber os sinais de áudio e vídeo em mais pontos afastados um do outro, mais receptores podem ser instalados em outros ambientes ou setores de acordo com a necessidade do trabalho, como exemplo em festas, eventos, shows, reportagens ao vivo, filmagens particulares, etc.
Muitas outras aplicações também podem ser conseguidas, como linkar programas de produção propria, programas educativos culturais, reprodução de documentarios explicativos, apresentações multimédia em faculdades, a utilização em cameras de segurança para monitoramento ambiente o AV750S também é muito utilizado.
Com exclusividade o equipamento possui em seu receptor 2 saídas de vídeo independentes uma da outra, uma saída pode ser utilizada para apresentar as imagens e a outra uma saida previu sendo utilizada para gravar as imagens ou como segundo monitor, o mesmo para as 2 saídas de áudio. O AV750S da Teleondas foi projetado especificamente para ser utilizado em uso móvel ou fixo, sua aplicação segue para múltiplas funções e aplicações, uma das mais comum é a linkagem em cameras de video em filmagens direta com o camera men circulando e filmando as imagens em tempo real diretamente são transmitidas para o receptor
O receptor AV750S sintoniza a transmissão do transmissor móvel e possue em seu painel frontal 2 saidas de áudio e 2 saídas de vídeo independentes estas saídas podem ser conectados vários aparelhos, para exibir as imagens, como projetores de telão, monitores, datashow, micro computadores, ilhas de edição, aparelhos de tv, entre muitos outros.
Os aparelhos vem acompanhados com acessórios e possuem antenas portáteis semi flexíveis, que facilitam muito o manuseio para o usuário transitando em seus trabalhos com o equipamento, a instalação é muito simples e fácil não requerendo conhecimentos técnicos.
Observe abaixo um exemplo do AV750S sendo utilizado em uma filmagem com camera de vídeo móvel.Series AV750S Link de audio e video em tamanho super compacto para uso em movimento direto com cameras de video profissionais, semi profissionais ou qualquer modelo de camera.
Com uma area de cobertura alcançando 750 metros o equipamento pode ser utilizado em diversos trabalhos na área de áudio e vídeo.
Podendo ser ligado em vários aparelhos para transmitir com perfeição sinais de áudio e vídeo totalmente sem fios ou cabos tornando assim muito mais pratico e fácil em eventos, shows, reportagens, filmagens.

O equipamento pode ser conectado em vários modelos de cameras de vídeo, cancordes, dvcan, dvd ou também em muitos outros aparelhos com a finalidade de eliminar a passagem de cabos ou fios.

Acompanhado de transmissor e seu proprio receptor os sinais de áudio e vídeo são codificados para a privacidade do usuário, somente o usuário através do receptor tem acesso as imagens, no receptor podem ser conectados vários aparelhos, monitores, projetores, datashow, tv, etc.

LINK PORTÁTIL PARA USO DIRETO COM CAMERAS EM MOVIMENTO SEM FIOS OU CABOS, PARA USO EM EVENTOS, REPORTAGENS EXTERNAS, LINKS AO VIVO, DIVERSAS APLICAÇÕES. A TELEONDAS PROJETA E FABRICA EQUIPAMENTOS ELETRONICOS TODOS EQUIPAMENTOS COMERCIALIZADOS NESTE SITE SÃO DE FABRICAÇÃO PRÓPRIA E TOTALMENTE NACIONAIS, A TELEONDAS ESTA SEMPRE INOVANDO SUA LINHA DE PRODUTOS COM NOVAS TECNOLOGIAS 8:35 São Paulo Segunda, 10 de Maio de 2010AV750S ÁUDIO E VÍDEO, LINK MÓVEL PORTÁTIL DA TELEONDASAV750S ACOMPANHADO COM TRANSMISSOR E RECEPTORVersão disponível para série AV750S

Algumas modificações técnicas no equipamento podem ser solicitadas a pedido do cliente como exemplo, conectores BNC no painel frontal ao invés de RCA ou mesmo os dois tipos, no caso do usuário adquirir um modelo de baixa potencia, aparelho permite posteriormente inclusive a troca de módulos internos para maior potencia, entre outras modificações.AV750S acompanhado de transmissor e receptor, com alcance de 750 metros UHF áudio e vídeo entradas e saídas com conectores RCA. Faixa de operação UHF 300 Mhz ~ 400 Mhz

Potencia de saída 1.5 watts mod. AV750S
Entrada de vídeo padrão 75 ohms 1V p-p
Modulador de vídeo interno FM Base-Band
Pré-enfase filtro de video CCIR 405
Reproduz com nitidez NTSC - PAL-M - PAL-N - SECAM
Modulador de áudio 6.5 MHZ ou 7.5 Mhz FM opcional
Pré-enfase de audio 75 us com ajustável
Desvio de audio 75Khz com 100% de modulação
Expanssor e compressor de áudio interno
Inpedância de entrada de áudio 600 ohms balanceado
Harmónicos abaixo da portadora < 60dBc

Outras especificações
Temperatura ambiente suportada de 0°C a + 45°C
Resistência a humidade de 0 a 90% até 40°C
Gabinete resistente em aço
Dimensões: alt. 2.5 cm, larg. 6 cm, prof. 12 cm
Peso aproximadamente 215 gramas dependente do mod.
Alimentação 12 Volts 1.2 Amp / Hora
Conector frontal com entrada de 12 volts para uso movelLagura de faixa de recepção UHF 300 Mhz ~ 400 Mhz
Alta sensibilidade e seletividade de recepção
Nivel de sinal de entrada -90dbm ~ -10dbm
Supressão de inter am >45db
Largura de Frequencia intermediaria 18 Mhz
Demodulador de vídeo Base-Band FM
2 Saidas de video padrão 75 ohms 1V p-p
Reprodus com nitidez NTSC - PAL-M
demodulador de audio 6.5 ou 7.5 Mhz
Resposta de frequencia de audio 30Hz a 20Khz
2 Saida de áudio 600 ohms balancedas
Ajuste frontal de Fine Tuning

Outras especificações
Temperatura ambiente suportada de 0°C a + 45°C
Resistência a humidade de 0 a 90% até 40°C
Gabinete metalico resistente, painel frotal detalhado
Dimenções: alt. 6.5 cm, larg. 28 cm, prof. 18 cm
Funcionamento em Rede eletrica 110 / 220 volts
Consumo maximo 6 watts
Conector traseiro com entrada de 12 volts para uso movel POWER BY TELEONDAS CORPORATION

Fonte :http://www.teleondas.com.br/av750s.html